Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2017

Facebook lovers

DAQUI Chegam ao restaurante de mãos dadas como nos tempos em que ele ainda não tinha a barriguinha que lhe força os botões da camisa e ela as duas camadas de base em tonalidades diferentes que escondem os traços que o tempo lhe foi desenhando no rosto. Ele afasta a cadeira para ela se sentar num gesto que reproduz o cavalheirismo dos filmes românticos de Hollywood. Ela senta-se com olhar meloso, encarnando a personagem feminina da trama, e ajeita a saia que lhe aperta as formas agora mais arredondadas. Num silêncio premeditado, o frente-a-frente impõe-se. Afinal é dia dos namorados e o romantismo é a palavra de ordem. O gesto automático tira o telemóvel do bolso da camisa dele que só acaba quando o objecto é pousado sobre a mesa. Está ansioso, mas não quer lhe notem a inquietação. Afinal, é só mais um dia dos namorados. A voz sai-lhe tão melosa quanto o olhar que ela lhe dirige: - Estás linda! - semicerra os olhos como que a comprovar a veracidade das suas palavras. Aponta

Quero morar aí dentro

Quero ser o sangue que te percorre de lés a lés. Por dentro. Invadir-te os órgãos e dar-lhes vida. Quero sarar-te as feridas e oxigenar-te por inteiro. Entrar nesse coração a cada segundo e viajar pelos cantos mais recônditos desse teu ser. Quero morar aí dentro. Para sempre.