Avançar para o conteúdo principal

Para o Lado Que Estamos Virados

Durante o jantar.
- Os meus colegas acham preocupante haver gente que não conhece a Miley Cyrus.
- Acham? Porquê?
- Não faço ideia. Eu acho preocupante é haver colegas meus que não sabem quem é o ministro da educação!
- Quem não sabe quem é a Miley Cyrus? Tu?
- Não, o V. Achas preocupante?
- Não. Ele pode não estar interessado nesse tipo de música e não estar atento. Não acho mesmo nada preocupante.
- Eu também não. Mas não saberem quem é o chato do ministro da educação já me preocupa!
- Preocupa?
- Sim. Aposto que nenhum deles sabe.
- Oh, deve haver quem conheça. O J.T. por exemplo.
- Não, acho que não!
- Mas ele sabe muitas coisas... Pode saber o nome do ministro.
- Não, o J.T. só sabe coisas alegres. Não está virado para essas coisas más! Devo ser o único que conheço o Crato.
- Hummm... E tu não estás virado para essas coisas alegres?
- Não. Quando nos viramos para as coisas más, já não há volta!
- Não há volta? Se calhar a culpa é minha de estares virado para coisas más... É? Não queria nada virar-te para coisas más...
- Não sei, mas estares sempre a ver essas coisas da Legionella pode ser uma razão.
- Glup!
- Há colegas meus que têm imenso medo do Ébola. Acham que há Ébola em todo o lado.
- Hum. Mas não há. Eu nem tenho estado nada atenta ao Ébola.
- Pois... Mas os pais deles devem estar. Tu estás atenta à Legionella.
- Glup!

Comentários

Mensagens populares deste blogue