Avançar para o conteúdo principal

Feira... do Livro

Hoje, fomos à Feira do Livro. Na verdade, aquilo era mesmo uma feira. Não sei o que me passou pela cabeça, quando pensei que poderia chegar perto das bancadas e folhear... livros. Ok, eu sei, sou loira e as loiras, às vezes, pensam coisas estúpidas destas.

Realmente, para uma feira até estava muito bem compostinha. Tinha pipocas, cerveja, gelados, atracções várias (leia-se escritores famosos das capas das revistas e da televisão)... e gente "a dar c'um pau"! Livros para ver é que, se o queríamos muito, teríamos que bater numas tantas pessoas para lhes conseguirmos sentir o cheiro. 
O J. começou num ataque claustrofóbico daqueles de "mãe, vamos embora! Mãe, vamos embora!"; eu comecei a entrar numa fúria de me apetecer pontapear aquela gente toda (sim, sou agressiva, porquê não posso?); o pai do J. começou a dizer "bem, damos só mais esta voltinha e vamos embora!". 
Como não sou de desistir às primeiras, ainda tentei que o J. visse uns livrinhos. Depois de muito esperar que um senhor, que não estava ali a fazer nada, se afastasse da bancada dos livros infantis, lá consegui que o J. pegasse num livro. Olhou para o livro, mas a atenção dele estava centrada numas pessoas mascaradas de bonecos (coisa que ele adora e que sempre que as vê, foge a sete pés) e não conseguiu escolher nenhum para prenda do Dia da Criança. 

"Bazámos" dali para fora, mas não sem antes o pai do J. conseguir comprar um livro (yupi, "ganda" festa!) e o J. poder pôr os olhos em cima de um dos seus grandes ídolos, o Ricardo Araújo Pereira.

Seguidamente, fomos a uma livraria deserta e vimos livros "à vontadex" (porque somos teimosos "com'um raio") e a prenda do Dia da Criança acabou por ser mesmo... um livro, um Comix da Disney.

Imagens sempre do mesmo sítio.
Isto está a ficar monótono, não está?

E agora, tomem lá, vão buscar!
Somos teimosos, ou não somos? 
Ah, pois somos!

Imagens sempre do mesmo sítio.
Isto está a ficar monótono, não está?

Comentários

Mensagens populares deste blogue