Avançar para o conteúdo principal

O Bichinho d' "Os Cinco"

Imagem retirada da Internet
Há já algum tempo, comprei um livro d' Os Cinco e um d' Uma Aventura para que o J. começasse a ler livros diferentes do costume.
Na realidade, ele não lhes ligou nenhuma. Leu um bocadinho de cada um, mas nunca mais lhes pegou. Até hoje...

Hoje, resolvi começar a ler-lhe o livro d' Os Cinco. Li-o a partir do segundo capítulo, porque ele já tinha lido o primeiro.
Quando acabei de ler o capítulo, ele diz:
- Mãe, não pares de ler! Lê o próximo! Quero saber como é o preceptor deles!
E lá lhe li o terceiro.
- Agora, vamos dormir!
- Oh não, não pares! Quero saber se eles encontraram uma passagem secreta! - diz, todo ansioso.
- Tens que dormir. Amanhã, lemos mais!
- Então, põe o livro na minha mochila, pões?
- Sim, ponho.
- Quero saber o fim. Oh, que chatice ter de esperar até amanhã!
- Pois... Eu tinha-te dito que estes livros eram assim, com suspense até ao fim. Eu, quando os li, li-os todos de seguida, e eles são vinte e três.
- Tchiiiii! O que é suspense?
- É querermos ler sempre mais, porque estamos desejosos de saber o que vai acontecer a seguir. Estes livros são todos assim.
- E têm coisas assustadoras?
- Não, mas às vezes, ficamos sem saber se eles se vão safar ou não. Mas fica descansado, que eles safam-se sempre.
- Ah, boa!

E lá consegui pegar-lhe o bichinho d' Os Cinco!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Macacos do Nariz

O J. voltou a perguntar qual era o verdadeiro nome dos macacos do nariz e, uma vez mais, não lhe soubemos responder. O pai tentou: -Detritos nasais! Eu tentei: -Fluídos nasais secos! As nossas tentativas não satisfizeram nenhum de nós três ...  O J. diz: -Temos que perguntar à Drª, como ela é médica deve saber ... Fiquei a pensar onde poderia encontrar a resposta a esta questão sem ter que perguntar à médica ...  Consultei a enciclopédia, o dicionário, procurei na net e ... nada, nem a mais pequena referência à designação científica para macacos do nariz ... Confesso que nunca me tinha passado pela cabeça que os macacos do nariz tinham outro nome ... As coisas em que este miúdo me põe a pensar ... Este blogue vai descansar uns diazinhos, mas volta, com a maior brevidade possível!

Um Livro Onde Morar

Ando numa ânsia de ler. Talvez porque também ando numa ânsia de escrever.  Tento escrever uma história que trabalha em mim há tempos. Por isso, leio livros. Leio vários livros em simultâneo, mas não me entra nenhum ou eu não entro em nenhum. Fico à porta a olhar para dentro. Saio e volto a tentar entrar e saio de novo. Não quero, mas acabo sempre por sair. E ficar à porta a espreitar. Procuro desesperadamente um onde morar uns tempos. Desejo um que me leve longe, que me engula. Mas a fresta que se abre a cada palavra lida é mínima e não caibo. Ponho o corpo de lado, enfio a mão, o braço, o ombro, mas o peito já não passa e fica à porta. Deixo o peito cá fora e leio só com as mãos e os braços. E o livro passa a ser assimilado a conta-gotas quando o queria sorver de um trago. Queria pegar-lhe e não o largar mais até terminar. Mas pouso-o e descanso-o, e descanso-me.  Queria entrar nas personagens e pertencer-lhes. Elas fariam de mim o que quisessem, levar-me-iam para as suas his

Sexo

A fazer trabalhos de casa: -Mãe, o que é sexo (leia-se secho)? -Sexo? -Sim! -O que achas que é? -Ah, já sei! Se é masculino ou feminino... É isso? -É! -Mãe, não consigo escrever masculino neste quadradinho tão pequenino! -Escreves só um M! -Olha, eu não sei se será mesmo esse sexo... -É, J., é!

Já lá vão 16 anos

O meu miúdo fez 16 anos. Ainda estou pasmada. Já se passaram umas semanas do aniversário dele e eu ainda não digeri o facto de ser mãe há já 16 anos. Sou mãe de um homem e ainda me sinto uma menina. Quando irei finalmente crescer ao ponto de não me fazer confusão ser mãe de uma pessoa de 1,87 m com pelos nas pernas e barba a despontar? Talvez nunca. Cada ano, cada dia que passa talvez vá ser sempre um novo espanto...