Avançar para o conteúdo principal

Estou Toda Selada!



A Benedita do blogue Aqui não pousam corvos... não se cansa de me oferecer selos e lá me ofereceu mais um...
Este selo é oferecido a blogues com menos de 200 seguidores e, como o meu, apesar de ser um espanto de blogue (ah ah ah ah, sou tão modesta!), só tem 79 seguidores (poucos, mas de alto gabarito!) foi contemplado com este liebster selo. 
E como "não há bela, sem senão", vêm 11 perguntas a reboque e o desafio de passar o selo, e as perguntas, a outros 11 blogues.

  1. O que achas do meu blogue? Benedita, o teu blogue é um dos meus preferidos. Não digo isto por me ofereceres selos, que até nem são a minha especialidade, mas porque gosto do que dizes, da maneira como escreves e da profundidade das tuas palavras. Já gostava do teu blogue anterior, mas sinceramente prefiro este, pois aqui sinto-te mais feliz e positiva.
  2. O que achas da blogosfera? Acho que a blogosfera é um retrato fiel desta sociedade que nos rodeia. Por aqui, encontramos de tudo um pouco: gente boa e gente merdosa; verdades e mentiras; futilidades e recantos profundos da alma; textos impecavelmente escritos e lixo em forma de texto. Enfim, a blogosfera é um universo a explorar.
  3. Coisa mais bonita? O meu filho, claro!
  4. Principal objectivo? Ser feliz.
  5. Maior vício? Ainda... outra vez, fumar.
  6. Música preferida? Já disse aqui, não me vou repetir. Porque não me lembro qual foi a que disse anteriormente e não me apetece ir procurar. Porque não é só essa (a que disse anteriormente), porque há mais, porque sou chata, do contra e porque tenho preguiça de pensar nisso agora.
  7. O que mais odeias? A falta de respeito pelos outros, a maledicência cheia de veneno, a mentira. Odeio muitas coisas, sou um bocado radical no que diz respeito a sentimentos, odeio algumas coisas com a mesma intensidade com que amo outras. 
  8. Qualidade? Vão lendo o blogue e descubram. Ora, ora, querem a papinha toda feita, não?
  9. Defeito? A mesma resposta da pergunta anterior.
  10. Qual o teu ídolo? Ídolo, ídolo acho que não tenho. Admiro várias pessoas pelas mais variadas razões.
  11. És feliz? Às vezes.
Passo o selo, e as perguntas, a todos os liebevollsten Blogs que por aqui passarem.
(Eu sei, eu sei, estrago sempre estes desafios com a minha indisciplina.)

Comentários

  1. Obrigada minha querida pelas tuas palavras!
    Sabes que adoro este teu recanto!
    Beijos grandes

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...

Mensagens populares deste blogue

Estamos a matar a infância das nossas crianças!

Se há cerca de vinte, trinta anos, não se sabia tanto quanto se sabe hoje sobre pedagogia, psicologia ou educação, actualmente este conhecimento é muito mais vasto. Tão vasto que tendemos a instrumentalizar a forma como educamos as nossas crianças.

Olhamos para os nosso filhos e vemo-los como projectos pessoais. Queremos que sejam os melhores e sempre melhores que eles próprios, que estejam sempre a evoluir para que sejam bem sucedidos na vida. É normal, porque independentemente das nossas crenças, queremos o melhor para eles, porque os amamos. Mas esta forma de amar e de os tentar conduzir para o sucesso está a matar-lhes a infância. 
Não são poucas as vezes que ouvimos coisas do género:  "Quero que o Rui seja um óptimo engenheiro";  "Estou a fazer tudo para que a Ana seja a melhor professora que já leccionou";  "O que mais quero é que o André vença no mundo do trabalho como o melhor designer gráfico".
Também dizemos que A ou B tem que frequentar determi…