Avançar para o conteúdo principal

OVNIS

A incompetência desceu num disco voador, há uns anos atrás, e aterrou em cheio no nosso Portugalinho. 
De dentro do disco saíram inúmeros homenzinhos e mulherezinhas de feições estranhas e corpos verdes que se instalaram e começaram a reproduzir-se como coelhos (há até alguns que têm Coelho no nome).
Passaram-se alguns anos e as feições estranhas ganharam parecenças com as dos terrestres que habitam este pequeno país, os corpos verdes foram-se "acorderosando", uns mais escuros, outros mais claros, mas todos dentro dos tons rosa. 
Se à partida conseguíamos distingui-los perfeitamente do portuguesinho comum, hoje isso tornou-se impossível. Eles andam por aí, e à paisana.
Como bons filhos "di sua mamãe", são orgulhosos das suas raízes e fazem questão em manter todas as características por ela delegadas. Por isso, espalham incompetência por todo o lado. Se é para fazer bem feito, fazem mais ou menos; se é para fazer mais ou menos, fazem mal; se é para fazer mal, fazem pessimamente. E sempre "com muito orgulho".
Assim, têm alastrado a incompetência por todas as áreas possíveis e imaginárias, de tal forma que, quando menos esperamos, lá está ela a derramar, quase a chegar-nos aos pés.
É por causa destes extraterrestres, convertidos em terrestres, que as coisas bem feitas estão quase a passar à História e que nós, portuguesinhos nativos, vamo-nos deixando enganar e contentar...
Até ao dia em que:
-ou os invasores dão cabo do Portugalinho e dos portuguesinhos;
-ou os portuguesinhos se transformam em homenzinhos e mulherezinhas verdes e de feições estranhas.

Imagem retirada da Internet

Oh, oh, oh... Quem é este???

Comentários

  1. Eu????? Verde????? Nunca, nem pensar eu sou, tenho sido e serei sempre vermelha;) loool Beijokinhas!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...

Mensagens populares deste blogue