Avançar para o conteúdo principal

Distância

Ao mesmo tempo que a distância nos separa, ela une-nos...
As memórias e a valorização do que vivemos tornam-nos mais perto. Mais perto do fundo de nós mesmos e do fundo do outro, mais unidos no objectivo de nos voltarmos a ver.
A distância valoriza o que estamos a perder e tentamos recuperar, valoriza o vazio que só pode ser preenchido com o outro, valoriza o tempo, torna-o interminável e o desejo que passe rápido o cerne de todas as questões.
A distância diz-nos "devias ter aproveitado ao máximo!", chama-nos a atenção para os momentos que deixámos passar e que agora queríamos voltar a viver.
A distância faz-nos percorrer quilómetros dentro de nós, à procura do outro, e chegar, enfim, ao âmago do que sentimos.


Comentários

  1. A distância só existem quando deixamos de conseguir ver a luz no fundo do nosso caminho. E quando deixamos de cruzar as pontes :)

    ResponderEliminar
  2. Um dia vais dormir a pensar que passou mais um dia e quando acordares ele vai estar lá ao teu lado:) Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Verdade, Lost Lenore!
    Bjs

    Oxygen,
    Mas ainda falta tanto tempo para esse dia...
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. KIDUCHO

    Está lindíssimo. Conseguiste exprimir por palavras aquilo que eu também sinto, mas não consigo dizer com esta beleza. Bjs

    ResponderEliminar
  5. Vim agradecer as suas palavras de apoio no meu blog, foi mt bom ler aquelas linhas :)...
    Quanto ao seu post, está delicioso, você escreve tão bem, estou cada vez mais deliciada com a o que escreve e a forma como escreve. Você vive um Amor lindo, um Amor vivido À flor da pele ;). beijinho e um bom dia.

    ResponderEliminar
  6. Leope,
    Por favor, trate-me por "tu" e desculpe se a ofendi quando a tratei assim.
    O que lhe disse no seu blogue, foi de coração e na crença que estas situações difíceis relacionadas com o cancro se passam melhor se acreditarmos que tudo vai correr bem, não deixando porém de serem difíceis.
    Sei perfeitamente o que a sua mãe e a Leope devem estar a sentir, pois já estive nos dois papéis, por isso acredito que é nestas alturas que percebemos que temos forças que desconhecíamos e que o segredo de as ultrapassar está no pensamento positivo e em não nos deixarmos levar por todos os medos que nos assaltam.
    Há que viver plenamente todos os dias, valorizando aquilo que eles nos trazem de bom, porque apesar de a maior parte deles trazerem muito sofrimento, também trazem coisas boas e é a elas que nos temos que agarrar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...

Mensagens populares deste blogue