Avançar para o conteúdo principal

Só Mais Uma Impressãozita, Se Me Permitem

Outra das coisas que me fazem comichão no céu da boca, são as crianças que dormem nas camas dos pais até acabarem, de vez, com a vida sexual do casal.

Não sou contra elas irem para a cama dos pais, longe de mim tal coisa!

Adoro que o meu filho venha ter connosco, para fazer miminhos, de manhã, enquanto ainda estamos todos naquele estado de sonolência agradável ... Ou quando tem um pesadelo que se venha confortar no calor do nosso abraço. Mas a noite toda, os três apertados na cama, a dormirmos todos tortos e sem que eu consiga chegar ao pai dele e vice-versa ... NÃO! Definitivamente, NÃO! 

Não me sinto, nem um bocadinho, pior mãe por ele não dormir connosco! Ele tem o canto dele e nós o nosso ...

Não é por acaso que se fazem camas de casal e não se fazem camas familiares ...
E as "king size"? Estarão vocês a pensar ...
As "king size" são para pessoas grandes ou para grandes aventuras, que não são (hoje) para aqui chamadas ...

Além de achar que as crianças precisam da sua autonomia e os pais da sua privacidade, dormir com os pais é um mau hábito. (Sei que ao fazer esta afirmação, muitos de vocês vão deixar de vir aqui, mas prefiro correr esse risco, a guardar esta opinião só para mim). E são um mau hábito, porque as engana ao fazê-las pensar que aquela cama é delas também e não as faz perceber que os pais têm um tipo de relação entre eles, diferente da que têm com os filhos.

E, mais uma vez, voltamos à história do comodismo ...
Na maior parte dos casos, os filhos dormem com os pais, porque é mais fácil não termos que nos levantar inúmeras vezes para ir ver se estão bem, para os confortar do medo do escuro, ou para os tapar ... É mais fácil, é mais fácil, é mais fácil ...

Quem disse que ser pai/mãe é fácil?


Mensagens populares deste blogue

Macacos do Nariz

O J. voltou a perguntar qual era o verdadeiro nome dos macacos do nariz e, uma vez mais, não lhe soubemos responder.
O pai tentou: -Detritos nasais!
Eu tentei: -Fluídos nasais secos!
As nossas tentativas não satisfizeram nenhum de nós três ...  O J. diz: -Temos que perguntar à Drª, como ela é médica deve saber ...
Fiquei a pensar onde poderia encontrar a resposta a esta questão sem ter que perguntar à médica ... 
Consultei a enciclopédia, o dicionário, procurei na net e ... nada, nem a mais pequena referência à designação científica para macacos do nariz ...

Confesso que nunca me tinha passado pela cabeça que os macacos do nariz tinham outro nome ...

As coisas em que este miúdo me põe a pensar ...

Este blogue vai descansar uns diazinhos, mas volta, com a maior brevidade possível!


Anita no Facebook

O Facebook anda a fazer-me mal. O chato é que preciso daquilo como ferramenta de trabalho e acaba por ser difícil desligar de vez ou até fazer um intervalinho com fins terapêuticos.
Ultimamente, ando tão farta de por ali andar que já tudo me parece os livros da Anita.
Antes do Verão: Anita corre quilómetros para caber no biquíni
Em férias:  Anita mete o pezinho na areia e o nariz no mar
Em dias de sol: Anita vai à esplanada com as amigas e diverte-se a potes
No fim das férias:  Anita volta para o trabalho chateadíssima, mas, pronto, a vida é assim e tem que trabalhar
À hora das refeições:  Anita cozinha um delicioso jantar cheio de super-alimentos e de baixas calorias ou  Anita vai almoçar a um sítio todo fashion, come imenso marisco e bebe sangria de champagne
Tarde de sábado:  Anita vai a uma exposição qualquer interessantíssima ou Anita sai à rua e vê as pessoas a passar
Sábado à noite:  Anita dança e bebe gin 
Tarde de domingo:  Anita vê um filme com a família ou Anita tem umas flores lindas…