quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Vejam só o que encontrei!



Resumindo

  • Licenciatura em marketing (um profissional certificado);
  • Gosto pela área comercial (amor cego que se venda barato); 
  • De preferência, recém-licenciado (cabeça fresquinha e sem manhas);
  • Com vontade de aprender (que aceite, feliz, todas as "óptimas" condições de trabalho que lhe oferecem, porque os ensinamentos não têm preço);
  • Disponibilidade imediata (já a sair de casa e a arregaçar as mangas); 
  • Carta de condução (vai de carro e não seguro, como a Leonor descalça do Camões); 
  • Oito horas de trabalho por dia e não por noite (muito tempo luminoso para aprender, sem necessidade de acender velas).


Tudo isto, a troco de:

  • Um contrato a termo incerto (um trabalho p'rá vida);
  • 550€ / mês de salário negociável (uma fortuna que pode ser negociável, caso o candidato seja um ingrato);
  • Refeições incluídas (é melhor comer bem durante as horas de serviço, porque vai passar muita fominha a partir daquela hora do dia em que tiver de acender as velas);
Portanto, uma óptima oferta de emprego!
Eu cá já guardei nos favoritos para não perder esta preciosidade!



Este aqui, que recruta um engenheiro mecânico, deixo à vossa consideração, porque tem um perfil do candidato p'ró complicado e esta minha cabeça loira não tem capacidade para o avaliar.




E só mais este para uma ligeira comparação...


Onze anos de formação só custam mais 20€ /mês às duas entidades patronais lá de cima? A educação está barata e não se pode sobrevalorizá-la, não é? Vinte euritos chegam e sobram!
Depois de ver este anúncio, fiquei na dúvida se as "refeições incluídas", dos dois primeiros anúncios, são o valor das refeições ou se são "em género" como as deste último. 

Neste presente aqui em baixo, a entidade patronal é uma empresa de trabalho temporário que utiliza os serviços do Centro de Emprego para lhe seleccionar candidatos.
É impressão minha, ou há aqui alguma coisa estranha?

Ah, ok, a estranha sou eu!

2 comentários:

  1. E um fisioterapeuta (licenciado, claro), igual em tudo aos de cima, mesma remuneração, mas... regime de prestação de serviços. Contrato? HAHAHA!

    ResponderEliminar

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...