sábado, 2 de janeiro de 2016

Os filhos dos terroristas

O J. pegou nos carrinhos e pôs-se a brincar no sofá.
- Vou brincar aos atentados! - disse.
O pai olhou para ele e perguntou:
- Achas que isso é brincadeira que se tenha?
- Claro, os filhos dos terroristas também têm direito a brincar, ou não?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...