sexta-feira, 10 de julho de 2015

Anoitece no Verão

O rosa do horizonte envolve-me a tristeza e leva-a para longe. Penso o infinito e respiro-me no fresco da noite que ainda está por vir. A iminência de mais um dia fechado liberta-me das poeiras da vida. 
Queria-me sempre assim, quase inteira, onde os pedaços que faltam são aqueles que apenas sobram.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...