terça-feira, 3 de março de 2015

Enamoramento Atécnico

Ando a aprender a técnica da escrita. Ou a tentar aprender. 
Sinto que à medida que o véu que cobre, e enche de magia esta arte de juntar palavras que as repleta de sapiência, se vai levantando, algum do encanto da leitura se vai perdendo. E algum do encanto da escrita também se some com a incapacidade de ler apaixonadamente. 
O que dantes fluía solto, fica agora aprisionado em vírgulas, semântica, forma e construção de géneros narrativos. 
E eu fico a sentir-me amordaçada, e desanimada, e desencantada. E a apetecer-me esquecer tudo o que vou aprendendo e deixar-me escorrer na leitura e na escrita amadora, puramente amadora e, por isso, ainda puramente enamorada.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...