terça-feira, 13 de novembro de 2012

Acne Juvenil

Hoje, após a história da noite, estou a dar umas festinhas na cara do J. e digo-lhe:
- Estás com umas borbulhinhas aqui na cara!
- Estou? Não estou nada.
- Passa lá a mão aqui...
- Ah, pois estou! Se calhar são daquelas dos meninos grandes...
- Quais?
- Aquelas que os meninos grandes costumam ter!
- O quê? Borbulhas da puberdade?
- Sim! - responde, sem conseguir esconder o orgulho.
- Ehhhhh! Não, J., ainda é muito cedo para isso.
- Mas podem ser, não podem?- pergunta, esperançoso.
- Não, ainda és muito novo para teres borbulhas dessas!
- Ohhh!
- Porquê? Gostavas que fossem?
- Eh eh eh eh! Sim! Porque é que eles têm essas borbulhas todas?
- É da transformação do corpo... São as hormonas que, ao trabalharem mais, dão esses problemas de pele, a que se chama acne juvenil!
- Acne juvenil?! Tu também tiveste dessas borbulhas?
- Tive!
- E apareciam-te nos braços, nas pernas, na cara?
- Não, só aparecem na cara. A mim, apareciam-me mais na testa!
- Ehhhh! Também quero dessas, da testa!
- Queres?!?!?
- Sim! As da testa querem dizer que estou a ficar mais inteligente!
- Porquê?
- É o cérebro a transformar-se!
- Ah ah ah ah ah!!! Não, J., as borbulhas não aparecem nos sítios que se estão a transformar! Aparecem normalmente na cara e na testa. E essas borbulhas não têm piada nenhuma, até são bem nojentas!
- Porquê?
- Porque deitam pus!
- Então? Sai o pus e entra a inteligência! Ah ah ah ah!!! 

6 comentários:

  1. Loooooooool

    O J tem jeito para humorista :)


    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. em alguns casos sai o pus e a pouca inteligência que possa existir!! lolol... o teu puto tem umas boas saídas!

    ResponderEliminar
  3. Felina,
    Anda a aprender com o Ricardo Araújo Pereira!
    ;)
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Magda E,
    Foi o que estive para lhe dizer, mas achei que lhe destruía o encanto pela adolescência.
    :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Eheheheheh! Eu ainda tenho algumas e não queria. Crianças!
    Boa semana!

    ResponderEliminar
  6. Coitadinha, Paula! Eu detestei, quando as tive!
    Bjs

    ResponderEliminar

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...