domingo, 11 de dezembro de 2011

Civismo

Será que ainda existe? Ou não passa de mais uma espécie de animal em vias de extinção? 

Vejo, repetidas vezes, casos que me arrepiam... Automobilistas a insultarem-se obscenamente, gente a cuspir para o chão, cocós de cães espalhados pelos passeios, pessoas a atropelarem-se nas filas para as caixas das lojas, casas-de-banho públicas nojentas (com xixi espalhado pelos sítios mais estranhos), enfim, uma quantidade de indícios de que esta talvez seja uma sociedade bárbara ou, possivelmente, animalesca...

Onde é que nós vivemos afinal? Será na selva ou num país dito civilizado? 

Está-me cá a parecer que deve ser na selva... E o civismo deve ser mesmo um animal em vias de extinção...
Aqui, nesta selva, ainda se vêem alguns casos (poucos!) de civismo, que estão circunscritos a reservas naturais, onde também existem (ainda!) alguma humanidade, respeito pelo próximo e outros bichos estranhos parecidos...

Que tal se começássemos a seguir um programa de reprodução desta espécie, de forma a não se extinguir totalmente, em vez de continuarmos a educar os nossos filhos como se de uns perfeitos animais se tratassem?
É que este problema não é só dos adultos, as crianças estão cada vez mais insolentes, arrogantes e algumas chegam mesmo a atingir o limiar da estupidez...

Deve ser uma questão de moda... Como a arrogância tem sido interpretada como sinónimo de sucesso profissional, à custa de belos exemplos como o do José Mourinho, alguns pais devem pensar que se treinarem os seus filhos para serem umas bestas, um dia, eles serão ricos e bem-sucedidos como ele...
Desenganem-se amigos! O José Mourinho só ficou arrogante depois de já ser rico!

...Ou então, deu-se uma inversão de valores, enquanto eu estava a dormir e, quando acordei, isto estava tudo virado de avesso...

...Ou então, eu tenho sido uma invisual neste assunto e aconteceu um milagre que me fez passar a ver estas coisas através de uns olhos aterrorizados...

...Ou então, eu estou a ficar demasiado esquisitinha... 

5 comentários:

  1. Bom vir aqui...
    Olha...eu também penso assim...e nos neus 50 aninhos nunca o civismo me pareceu tão morto!

    Um bom domingo, BShell

    ResponderEliminar
  2. As pessoas olham cada vez mais para o seu umbigo e esquecem os outros.

    ResponderEliminar
  3. Hoje em dia, civismo é coisa que não abunda. E o resultado, é a "belez" de mundo em que vivemos...
    Triste, muito triste.

    ResponderEliminar
  4. Pensei que era só eu que pensava assim...

    ResponderEliminar

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...