sexta-feira, 4 de novembro de 2011

"A Gente Não É Burras, A Gente É Distraídas!"

À entrada do parque de estacionamento grátis de um centro comercial já nosso conhecido, ao ver a indicação de quantos lugares estão livres, eu pergunto:
-Como é que eles sabem qual a quantidade de lugares livres se não temos que tirar bilhete à entrada?
(Agora percebem de onde vem a língua perguntadora do J., não percebem?)
O J. responde:
-Pelas luzinhas que estão no tecto!
-Luzinhas? Quais luzinhas?
-Aquelas, olha! Há umas verdes e umas vermelhas. As verdes estão por cima dos lugares que não têm carros e as vermelhas estão por cima das que têm...
-Nunca tinha reparado! J., como sabes isso? Quem te disse?
-Ninguém, fui eu que vi. E se reparares nos lugares para deficientes tem uma luz azul!
-Tu percebeste isso tudo sozinho?
-Sim, mãe. Repara, aquele lugar não tem carro e tem a luz verde, vês?

Ok, se calhar a teoria das loiras burras não está assim tão longe da verdade...

6 comentários:

  1. Eu também nunca tinha percebido, mas eu sou loira! Eh! Eh!

    ResponderEliminar
  2. Ah não sabia das luzes azuis! esse teu filhote é mesmo inteligente.

    ResponderEliminar
  3. Não é por seres loira :) o teu cerebro está ocupado com mil e uma coisas, o J. ainda está na fase da descoberta do mundo que o rodeia e absorve os minimos detalhes, não deixa de ser surpreendente o que eles conseguem captar sozinhos

    beijinho

    ResponderEliminar

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...