quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Adivinhas e Puzitos

Ando a ler um livro de adivinhas ao J., antes de dormir, que ele adora e eu detesto porque não consigo adivinhar nada!

Tem uns desenhos que dão pistas da solução, embora não sejam muito elucidativos, porque não se percebe o lá está, sempre temos alguma base por onde começar a pensar. As adivinhas são super difíceis, estão cheias de palavras complicadas (que nem eu entendo) e a ligação entre as pistas e a solução é muito ténue.
Mas pelo menos, fartamo-nos de rir da nossa incapacidade de adivinhação (ou não fossemos nós os tontinhos, que vocês já devem ter reparado que somos), por isso acaba por ser divertido.

Hoje, a título de desespero, disse-lhe que o que me apetecia era fazer uma fogueirinha com o livro, pois achava que assim seria mais útil. Ele riu-se e disse: 
- Vê lá, mãe, o livro até te faz pensar em fazeres parvoíces... 
Olhei-o com cara de má e disse-lhe:
- Parvoíces? Eu a fazer parvoíces?
- Sim, queimar o livro é uma parvoíce!
- Uma parvoíce é andarmos a ler este livro e não adivinharmos nada...
- E eu rio-me tanto que dou puzitos e já fiz xixi nas cuecas...
- E achas isso bom? Para mim não é muito divertido ver que não adivinho nada e, ainda por cima, fico aqui a levar com os teus puzitos...
- Tem que ser, mãe, quando me rio assim tenho que dar puzitos!

Então, assim seja, já que não nos podemos aquecer com ele, que no mínimo, o livro sirva para o J. se sentir mais aliviado!

4 comentários:

  1. Adoro e este tipo de conversas...
    Beijo meu!

    ResponderEliminar
  2. Que filho fantástico e que felicidade é a dele em ter uma mãe como tu.
    Bj**

    ResponderEliminar
  3. ahahah Mas que criança fofa. Faz sentido.

    ResponderEliminar

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...