segunda-feira, 31 de outubro de 2011

MUDE

Como apreciadora que sou da Pop Art em geral e de Andy Warhol, Keith Haring e Roy Lichtenstein em particular, tudo o que são peças de arte ou de design coloridas, vanguardistas e a cair para o pós-moderno seduzem-me o suficiente para me fazerem sair de casa apenas para as ir contemplar.

Deste modo, e como as oportunidades não se devem desperdiçar, na hora que durou entre ir buscar os bilhetes reservados ao teatro e o início da peça, eu e este homem que me atura há uns aninhos, demos um saltinho ao Mude - Museu do Design e da Moda, na Rua Augusta, que já conhecíamos e que gostamos de revisitar sempre que possível, pois além de ser um dos pontos em que estamos em consonância, aproveitamos para nos actualizarmos do que de novo se faz em design.

Uma das peças que nos deixa sempre a salivar é este sofá, que ficaria perfeito na nossa sala, entre muitas outras coisas, que nunca poderíamos comprar, mas que ali podemos apreciar de graça!

Imagem roubada, a título de empréstimo, ao site do MUDE
Pois é, a entrada no MUDE é gratuita (ainda). Se partilham do meu gosto por design ou se são apreciadores de peças de vestuário inovadoras, criadas por designers de moda famosos, talvez fosse bom aproveitarem e fazerem-lhe uma visitinha, enquanto não se lembram de começar a cobrar bilhetes a peso de ouro!

3 comentários:

  1. também sou mãe,mulher,caranguejo e apreciadora de peças de design inovadoras (roupa e bijutaria,tenho até a minha própria marca)!Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Eh eh!!! Que engraçado! Qual é a marca? Onde as poderei ver?
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Vá lá, digam qualquer coisinha...
...por mais tramada que seja...